fr

fr

Actualités

Professores e técnicos cabo-verdianos recebem formação em Tecnologia Assistiva para trabalhar com alunos com baixa visão e cegueira.

Professores e técnicos cabo-verdianos recebem formação em Tecnologia Assistiva para trabalhar com alunos com baixa visão e cegueira.

A Associação de Pais e Amigos de Crianças com Necessidades Educativas Especiais (Soluz) através da Delegação de Mindelo e da Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva (EMAEI) desenvolvem acção formativa para professores que trabalham com alunos com cegueira e baixa visão. O objectivo é ter mais ferramentas para trabalhar com estes alunos, utilizando softwares adequados, tentando obter respostas didácticas, dentro do processo ensino-aprendizagem e de inclusão destes alunos, como o uso do DoxVoz, no processo de alfabetização e a produção de texto em Braille através do Braille fácil. A formação contou com o número de 18 professores e técnicos que tem em suas salas de aula comum, alunos com cegueira e baixa visão tanto do ensino básico como do secundário. A acção formativa, realizada na Faculdade de Educação da Universidade de Cabo Verde, no Mindelo, foi ministrada pelo professor brasileiro Msc Gilvan Vitor dos Santos.

Praia 20 de Fevereiro de 2019.
Janice Marise

Recherche sur


Bulletin

Abonnez-vous à notre newsletter et recevez par e-mail l'actualité